seja bem vindo! sair Faça seu login ou cadastre-se

(11) 3284-6818 Central de Atendimento
01/06/2020

Comunicação essencial com a mais recente tecnologia agrícola

Comunicação essencial com a mais recente tecnologia agrícola

As ligações entre sistemas agrícolas podem ser um desafio nas cabines dos equipamentos. Esta é a história de como uma empresa encontrou outra com uma solução.

 

Escrito por Willie Vogt em 21 Maio de 2020 para o site http://www.farmprogress.com

Muitos dizem que o segredo do sucesso em qualquer união é a comunicação. Na agricultura de precisão, isso pode ser mais verdadeiro do que nunca. Diversos sistemas remanescentes no maquinário das fazendas podem desafiar a capacidade de mover dados das máquinas para o escritório ou de máquina para máquina. Esse é o desafio que a Climate Corporation enfrentou ao tentar conectar sua plataforma FieldView a uma antena GPS obsoleta.

A história é realmente sobre padrões de comunicação e como eles mudam. O problema que os engenheiros da Climate Corp. tinham era conseguir obter dados de GPS de um sistema mais antigo. “O fato é que a Climate teve um problema com uma antena GPS da Trimble”, diz Philip Whitehurst, CEO da Actisense. "Aquela unidade da Trimble usa o padrão de comunicação NMEA 0183."

Parece um jargão, mas o padrão NMEA é um sistema de comunicação marítimo que é robusto para uso de GPS. (NMEA significa National Marine Electronics Association, uma organização mundial.) O desafio é que esse padrão não é compatível com a rede CANBUS das máquinas, o que limita a capacidade do FieldView em obter dados de GPS dessa rede a bordo.

É aí que entra a Actisense. "A Climate chegou até nós", lembra Whitehurst. "Trabalhamos há muito tempo na indústria marítima e temos um produto - NGW-1 - que pode ligar produtos mais antigas ao padrão NMEA 2000, o qual pode se comunicar através da rede CANBUS".

Whitehurst explica que o padrão NMEA 2000 foi desenvolvido há alguns anos e adotado por empresas agrotecnológicas para navegação, transferência de dados e até captura de dados de sensores. Mas Whitehurst observa que aquele GPS Trimble usa o outro padrão, e é um produto robusto no qual os agricultores podem confiar. A chave foi colocar essas informações de GPS no sistema FieldView.

Os agricultores familiarizados com o sistema FieldView da Climate Corp. sabem que este sistema pode coletar dados e exibir diversas informações, de densidade de plantio a taxas de pulverização e informações de rendimento da colheita, enquanto gera mapas geoespaciais. Era possível receber dados do sistema GPS de padrão mais antigo, mas não podia comunicar dados de volta aos dispositivos GPS usando o padrão NMEA 0183.

O NGW-1 NMEA 2000 Gateway é um dispositivo plug-and-play que permite comunicações bidirecionais. Isso permite que o sistema FieldView da Climate Corp. leia e mapeie informações de todos os dispositivos conectados no trator ou na colheitadeira.

Plug and play

O CANBUS - Barramento Controller Area Network - em um trator ou colheitadeira está em uso há mais de uma década. Essencialmente é uma rede de computadores a bordo e qualquer sensor vinculado ao CANBUS está fornecendo informações que podem ser lidas pelo FieldView Drive. Mas as antenas GPS de padrão antigo não usam o CANBUS para compartilhar informações.

Ao utilizar o NGW-1 da Actisense, a Climate Corp. conseguiu resolver um problema de comunicação e manter em uso essas confiáveis ??antenas GPS. Isso também economiza dinheiro para o agricultor, já que a antena do GPS não precisa de atualização.

A Actisense não é uma empresa agrícola e Whitehurst brinca que a empresa, que atua há muito tempo no setor marítimo, nem sabia que o termo "ISOBUS" era usado na agricultura. “Nós usamos os padrões de comunicação NMEA 2000 ou J1939. Não sabíamos na época que a agricultura usava o ISOBUS ", diz ele.

A chave é o dispositivo da Actisense, que permite ao maquinário mais antigo usar a mais recente tecnologia, o FieldView, para rastrear dados. "Existe um enorme mercado de reposição de equipamentos mais antigos que podem se beneficiar dessa ferramenta", diz Whitehurst.

O Actisense também possui outro produto que pode ser do interesse dos desenvolvedores de máquinas. Chamado de W2K-1, foi originalmente criado para o mercado marítimo para obter informações do barco. Mas o sistema pode fazer o registro de dados a bordo com seu cartão de memória. "Você pode fazer uma análise profunda do que está acontecendo nessa estrutura conectada ao W2K", diz Whitehurst. "É um gravador de dados muito sofisticado. É uma boa ferramenta para engenheiros. "

Por enquanto, o NGW-1 é a ferramenta que os agricultores podem ter se possuem um sistema FieldView e uma antena GPS antiga. Se quiser saber mais informações sobre os dispositivos compatíveis com NMEA 2000 da Actisense, visite https://www.actisense.com/about-actisense/expertise/agritech/.

 

Para ler o texto original (em inglês), acesse: https://www.farmprogress.com/technology/communication-paramount-latest-ag-tech